Como fechar uma empresa? Como declarar falência? Como encerrar as atividades? Como vender a empresa? Como cancelar CNPJ? Se você desejar realizar o encerramento de empresas ou fechar as portas do seu negócio, mas não sabe como, nem qual o momento certo, ou quanto custa encerrar as atividades, esse texto vai te ajudar a encontrar a solução.

 

De acordo com o Sebrae, o índice de mortalidade das empresas é de 23,4% após dois anos de atividade e de 45% aos quatro anos de atividade. Isso porque muitas vezes o empreendedor inicia seu negócio a partir de uma necessidade e não de uma oportunidade. Assim, boa parte desses empreendedores não possuem capacidades necessárias para gerirem todas as áreas do negócio (marketing, finanças, vendas, etc).

 

Como fechar uma empresa

 

Para começo de conversa, existem caminhos que levam uma empresa entre em crise e, na pior das circunstâncias, tomar o caminho de encerrar suas atividades. No entanto, a primeira questão a ser feita aos de fechar uma empresa é analisar se é realmente necessário fechar e se é o momento certo de encerrar as atividades.

 

Para identificar se essa realmente é a decisão certa a ser tomada, responda: você já procurou ajuda? Já avaliou a empresa? Já realizou um diagnóstico para analisar o nível de comprometimento do negócio? É problema com fornecedor? Já renegociou essas dívidas? É problema tributário? Já buscou alternativas de renegociação junto ao governo? É a questão de crédito? Já buscou alternativas de financiamento? O modelo de negócio não é mais viável?

 

Essas são perguntas necessárias, pois qualquer decisão apressada pode ser prejudicial no futuro.

 

Depois de respondidas as perguntas, o passo mais importante para fechar uma empresa é definir o seu objetivo. Se você simplesmente não deseja mais ter ou estar em um negócio, existem algumas alternativas que não somente o encerramento da empresa.  Mas, se além de não desejar mais ter a empresa, ela não tem mais ativos suficientes para quitação das dívidas, é preciso pensar em outras estratégias.

 

Falaremos de todas essas alternativas a seguir:

 

  • – Cancelar o CNPJ, encerrar as atividades e fechar as portas
  • – Vender a empresa e entrega-la a um novo investidor
  • – Declarar falência ou pedir recuperação judicial

 

Como cancelar CNPJ

 

Como encerrar uma empresa nem sempre é um procedimento fácil, é preciso esclarecer que o auxílio de profissionais é desejável. No entanto, o encerramento de empresas pelo cancelamento do CNPJ é o processo mais simples, menos burocráticos e menos doloroso para o empreendedor.

 

Cancelar o CNPJ significa fechar as portas sem ir à justiça e pode ser feito diretamente com o contador, renegociando as dívidas com os fornecedores, dando baixa dos funcionários e dando baixa no CNPJ na Junta Comercial. Nesse caso, o caminho mais fácil é procurar o seu contador, que entrará no site da Junta Comercial e solicitará o encerramento da empresa e poderá explicá-lo o passo a passo de como fechar uma empresa.

 

O empresário pode realizar diretamente o encerramento da empresa e o cancelamento do CNPJ através do RedeSim, que está disponível no site da Receita Federal. Feito isso, o pedido de baixa (encerramento da empresa) deve ser protocolado no órgão de registro competente, no caso, as juntas Comerciais, Cartórios de Registro de Pessoa Jurídica ou até mesmo a OAB, dependendo do tipo jurídico adotado pela pessoa jurídica.

 

Um ponto importante de ser ressaltado é que, desde 2014, as empresas não precisam mais comprovar inexistência de débitos solicitar o encerramento. O cancelamento do CNPJ é feito e, caso existam débitos, esses são repassados aos sócios.

 

Para cancelar CNPJ MEI o processo é ainda mais simples. Para isso, basta que o empresário acesse o Portal do Empreendedor e solicite a baixa do seu registro de CNPJ. Feito isso, o MEI deve acessar o Portal do Simples Nacional e preencher a Declaração Anual (DASN-SIMEI de Extinção – Encerramento).

 

Quanto custa fechar uma empresa

 

Para as Micro e Pequenas Empresas as custas  de cancelar o CNPJ se resumem às taxas dos órgãos competentes. Já para o MEI, esse processo é feito de maneira gratuita por meio do Portal do Empreendedor.

 

Como vender empresa

 

Diferentemente de como fechar uma empresa, realizar a venda de empresa é uma alternativa para que o empresário encerre as atividades e transmita o negócio a um novo empresário.

 

Esse processo pode ser mais simples e mais lucrativo, já que o proprietário realiza a venda do negócio, dos ativos, do ponto comercial e dos contratos existentes da empresa. É uma possibilidade para que um novo empresário aproveite e desenvolva a empresa a partir do que já existe.

 

A compra e venda de empresas é uma atividade cada vez mais comum no Brasil e pode ser feita de forma online aqui.

 

Venda sua empresa

 

Para vender a empresa com sucesso é importante seguir alguns passos:

 

  • 1. Definir o motivo da venda da empresa: existem diversos como cansaço, aposentadoria, falta de recursos para investimento, mudança de cidade, desentendimento entre sócios, etc.

 

  • 2. Preparar o negócio para ser vendido: nessa etapa é fundamental organizar os documentos da empresa como contratos de aluguel, contratos com fornecedores, contratos de trabalho, demonstrativos financeiros, extratos bancários, inventário de ativos e estoque, lista de passivos e dívidas.

 

  • 3. Determinar o preço de venda da empresa: para vender um negócio com sucesso é importante ter uma boa explicação do valor que está sendo pedido. Por isso, é muito importante ter em mãos o valuation, também conhecido como avaliação da empresa. É muito simples realizar um valuation online aqui.

 

  • 4. Captar compradores interessados: muitos empresários já partem para a captação de compradores antes de passar pelos passos anteriores. Para encontrar interessados, divulgue o negócio, fale com o máximo de pessoas e anuncie em uma plataforma confiável de venda de empresas.

 

  • 5. Negociação e auditoria: depois de encontrado o comprador, é hora de negociar, fechar os termos do contrato, assinar e realizar a auditoria. Essa etapa é quando o comprador irá conferir se todas as informações repassadas na negociação são verdadeiras.

 

Quanto custa vender a empresa

 

Atualmente é possível fazer a venda de uma empresa de maneira simples e com poucos custos. A partir de R$ 34,90 o empresário pode anunciar a empresa online em um portal de compra e venda de empresas. A partir disso, as custas são basicamente as cartoriais de repassar o CNPJ e o contrato social para o nome de um novo proprietário.

 

Como declarar falência de uma empresa

 

Diferentemente de cancelar CNPJ e vender a empresa, há casos que precisam do acompanhamento da justiça são recuperação judicial ou falência. A justiça nomeará um administrador judicial, que é quem gerenciará a empresa.

 

Se é possível retomar a atividade, após esse acompanhamento judicial, é possível regularizar a empresa e voltar ao mercado, é recuperação judicial. Se não for possível, é recuperação judicial.

 

Decretar a falência é mais definitivo, como se fosse o pedido de divórcio. A falência é o fim do CNPJ. A recuperação judicial é um tempo para que o negócio se reestabeleça com a ajuda da justiça, com diminuição de juros e, parcelamento.

 

Diferentemente de como fechar uma empresa, a falência só é possível em alguns casos, que são mais graves. Nos demais casos o que deve ocorrer é a baixa de CNPJ. Um dos motivos é dívidas sem pagamento e sem justificativa legal, superior a 40 salários mínimos. Quando há uma decisão judicial que condena a fazer um pagamento e não for feito, é outro motivo. Quando começa a se dispor do patrimônio da empresa no intuito de fraudar ou não pagar credores, é motivo de falência. A lei de falências (Lei 11.101) traz cada um desses motivos.

 

Quando uma empresa decreta falência, ela deve seguir uma ordem de pagamentos. A primeira delas são os créditos trabalhistas, que garantem a sobrevivência e alimentação dos trabalhadores. Em um segundo momento são as garantias reais que garantem um empréstimo, por exemplo. Um bem separado para algo específico. A terceira prioridade é o pagamento dos impostos ao setor público e a quarta prioridade são os créditos das micro e pequenas empresas, antes do pagamento de bancos, por exemplo. Isso porque as MPE têm pouco capital de giro e necessitam de recursos para se manterem.

 

Para declarar falência, o empresário precisa buscar a assessoria de advogados já que, tanto a falência quanto a recuperação judicial acontecem na esfera do judiciário.

 

 

Venda sua empresa

 


Veja mais:

Valor da empresa: como o valuation pode auxiliar o seu negócio

Posto de gasolina à venda – vale a pena investir?

Como obter o melhor valor na venda da empresa

Site de compra e venda de empresas favorece o empreendedor