Como oferecer o melhor suporte para sua Rede de Franquias

rede-de-franquias

O suporte oferecido pela franqueadora para os franqueados é fundamental para o sucesso da marca. É a partir disso que as unidades consolidam a transferência de know how e amadurecem na operação. Mas como oferecer o melhor suporte para sua rede de franquias? Elencamos hoje alguns aspectos essenciais em que a franqueadora deve prestar atenção para oferecer um suporte de qualidade para os franqueados.

O primeiro aspecto a ser considerado é a questão do treinamento para as franquias. Com um treinamento adequado, fica mais fácil para o franqueado assimilar o know how da franquia. É importante entender que o treinamento não se resume à capacitação inicial antes do início das operações. É preciso um constante cuidado, para entender onde estão as deficiências da unidade e como é possível corrigi-las.

rede-de-franquias2

É recomendado que manuais e treinamentos fiquem à disposição dos franqueados. Se os materiais estiverem de fácil acesso, há mais chances de o franqueado acessá-los e aprender mais sobre a operação da empresa. Nesse sentido, vale investir em uma plataforma online para gestão do conhecimento da franquia. Com esse recurso, todos os arquivos estarão disponíveis para o empresário onde quer que ele esteja, sem precisar vasculhar e-mails antigos ou materiais impressos.

Para que os treinamentos funcionem, é importante contar também com uma boa equipe de consultores campo. Esse é o elo fundamental para o sucesso do relacionamento entre franqueador e franqueado. A formação do consultor não é restrita e ele não precisa ter capacitação específica na área de atuação da franquia. Entretanto, é essencial que esses profissionais tenham noções claras do negócio, de marketing, de suporte e de gestão.

O trabalho do consultor de campo não é restrito à execução de auditorias e de treinamentos. O consultor também motiva o franqueador, oferece insights de melhoria e repassa demandas das unidades para a franqueadora.

Outro aspecto importante é que, na franqueadora, todos da equipe – desde o recepcionista até o CEO, devem estar dispostos a ajudar o franqueado. Quando o franqueado entra em contato, todos na equipe devem estar preparados para atendê-lo e repassar a demanda para a pessoa responsável. Dessa maneira, a marca cria um ambiente colaborativo, fazendo com que o franqueado se sinta acolhido. Sempre que tiver alguma dúvida ou problema, ele sabe que a franqueadora estará ali para ajudá-lo.

rede-de-franquias3

Manter um bom relacionamento com as franquias é uma estratégia eficaz para as redes. Escutar as unidades e mostrar que a opinião dos franqueados é importante pode ajudar muito na motivação dos colaboradores. Para fortalecer o laço, vale convocar convenções entre os franqueados, fazer pesquisas online para criação de novos produtos e conhecer a fundo a operação de cada unidade.

A felicidade dos franqueados é essencial para a marca. Em um mercado tão competitivo como o franchising, com 3073 marcas registradas na Associação Brasileira de Franchising em 2015, as boas referências de um franqueado antigo pesam muito na escolha de um novo investidor.

Conhecimento e tecnologia para melhorar o suporte

 

É preciso que a franqueadora tenha total conhecimento do funcionamento da sua rede para saber qual o suporte adequado para seus franqueados. Um franqueado mais antigo não vai receber o mesmo suporte que um franqueado recente, por exemplo.

Há franquias que possuem peculiaridades nas suas operações, e isso deve ser levado em consideração. Vamos pensar em uma franquia de vestuário, por exemplo. Muitas vezes o ciclo de preparo do franqueado para realizar a operação sozinho é de 2 anos. Isso acontece porque, a cada estação, há uma troca de coleção, e muitas alterações de marketing e de administração são feitas. Se o franqueador não tiver consciência desse funcionamento, pode ser que a operação do franqueado fique defasada. Essa também é uma questão muito específica de cada empresa. Não há uma regra geral para fornecer o suporte adequado: o franqueador precisa entender as características da sua rede e trabalhar a partir disso.

Por fim, após todas essas dicas de operação e estratégia, outra sugestão é investir em tecnologia para deixar tudo mais simples e ágil. Com um software para gestão de franquia, fica muito mais fácil automatizar os processos da rede, ganhando tempo para que a equipe se preocupe mais com tarefas realmente importantes. Além disso, a comunicação fica mais acessível e fácil para todos os membros.

rede-de-franquias5A Central do Franqueado, plataforma online para gestão de franquias, por exemplo, trabalha com quatro pilares dentro da plataforma: módulo CAF (Central de Atendimento ao Franqueado), para manter contato rápido e ágil com as franquias; módulo Operacional, para enviar manuais e disponibilizar treinamentos online; módulo Compras, para fazer pedidos ao franqueador, bem como fazer compras com fornecedores homologados pela franquia; e o módulo Qualidade, para disponibilizar checklists, auditorias e planos de ação para seus franqueados, mantendo o padrão da marca e oferecendo o mais alto nível de qualidade ao consumidor final.

Para mais informações:

Central do Franqueado

http://centraldofranqueado.com.br/ www.facebook.com/centraldofranqueado contato@centraldofranqueado.com.br

]]>

Inscreva-se para não perder nenhuma atualização do portal

Participe da nossa comunidade sobre compra e venda de empresas com mais de 100 mil pessoas em todo Brasil.