O ano de 2018 foi difícil para o empreendedorismo no Brasil, mas reforçou um período de disrupção tecnológica que exige uma atenção maior dos empreendedores. Ela oferece oportunidades valiosas, mas exige que a pessoa saiba enxergar e analisar a ações que deram resultado durante o ano passado e identificar aquelas que são promissoras em curto, médio e longo prazo.

 

O Brasil está superando a maior crise política da história, com altos níveis de desemprego e esse cenário fez com que muitas pessoas decidissem investir em seus próprios negócios, seja por necessidade, seja pela busca da independência financeira.

 

Como identificar tendências de mercado?

 

Identificar as principais tendências para o empreendedorismo é fundamental para criar um diferencial para a sua empresa diante da concorrência e encontrar oportunidades de novos negócios.

 

É preciso olhar além do produto ou serviço que está em alta demanda, mas principalmente para o mercado e identificar as perspectivas de futuro.

 

Falar sobre tendência é considerar o quanto uma determinada situação está propensa a acontecer. Nos negócios, tendência de mercado é algo que uma grande quantidade de pessoas ou empresas, que tenham um objetivo semelhante, segue, como uma corrente.

 

Essas apostas podem ser influenciadas por diversos fatores como hábitos, costumes, tecnologia e o próprio desenvolvimento do mercado.

 

Existem diversos processos para identificar tendências de mercado como questionários online, grupos focais, etnografia, e todos podem ser realizados pela própria empresa ou através da contratação de empresas terceirizadas.

 

Outra forma de identificar uma tendência de empreendedorismo é observar a atuação de grandes players do mercado. Acompanhar empresas e concorrências ajuda a descobrir informações importantes.

 

Depois de identificadas, as tendências atraem diversos empreendedores que querem abrir novos negócios ou adaptar os já existentes, então é importante perceber as oportunidades do mercado o quanto antes.

 

Quais são as principais tendências para o empreendedorismo em 2019?

 

O ano passado foi marcado por tópicos relacionados ao ambiente corporativo, como o crowdfunding e os serviços de cashback. Como o mercado é bastante flutuante, algumas das tendências passadas se mentem, enquanto outras desaparecem rapidamente. Vamos conhecer algumas:

 

  • 1. Software as a Service – Software como Serviço

Conhecidos pela sigla SaaS, trata-se da venda de softwares integrados aos serviços oferecidos por uma empresa. Frequentemente são serviços oferecidos em formato de assinatura que exigem conexão com a internet para utilização.

 

  • 2. Experiência do usuário – Economia da experiência

 

A grande prioridade das empresas deve passar a ser a promoção e venda de experiências únicas e memoráveis.

 

A área de Experiência do Usuário (UX) tem como principal função proporcionar a melhor experiência possível ao usuário quando este entra em contato com a empresa, através de qualquer canal como site, blogs, ferramentas, aplicativos e, principalmente no atendimento ao consumidor.

 

  • 3. Serviços de automação

 

A automação de processos se tornou um dos grandes focos do mercado. Processos automatizados geram uma grande economia de tempo e recursos, proporcionando às empresas um aumento de produtividade muitas vezes capaz de alavancar o seu crescimento de maneira expressiva.

 

Na gestão empresarial, por exemplo, podemos citar o uso de softwares ERP, que oferecem mais controle e organização para as empresas, facilitando o registro e a visualização da empresa como um todo.

 

Através dos módulos específicos é possível ter total controle de estoque, vendas, fluxo de caixa, emissão de notas fiscais eletrônicas, recebimentos e pagamentos, cadastros de clientes e fornecedores e muito mais.

 

O módulo de relatórios também ajuda o gestor a identificar situações de perigo previamente e também a perceber oportunidades de investimento para médio e longo prazo.

 

  • 4. Gestão de equipes remotas

 

As grandes cidades apresentam grandes problemas de locomoção que prejudicam a vida das pessoas. Diante desse cenário, uma grande tendência é o chamado home office, trazendo inúmeros benefícios tanto para os colaboradores como para as empresas.

 

Para os colaboradores os benefícios chagam em maior qualidade de vida e gestão do tempo, e para as empresas existe a redução de gastos e o aumento da produtividade.

 

Mas é fundamental que a empresa se adapte a esse novo modelo de gestão. Muitas ferramentas ajudam a administrar esses colaboradores remotamente, facilitando a comunicação, e a avaliação do trabalho pela produção e pelo alcance das metas de performance, por exemplo.

 

Agora você já conhecer algumas das tendências para o empreendedorismo em 2019. Mas, mais importante do que se fixar em uma ou outra ideia específica, você deve observar o mercado de maneira ampla, que se volta cada vez mais para a conexão total, inteligência artificial e trabalhos menos operacionais e mais estratégicos.


Veja mais:

Teste psicológico – Como ele pode agregar em sua carreira

Os tipos de temperamento podem influenciar sua carreira

Tipos de personalidade e como influenciam sua carreira