Uma das perguntas que costumamos receber é “Como vendo loja de roupas e acessórios”? Inúmeros motivos podem fazer com que o proprietário desista e queira vender uma loja. Seja por problemas pessoais, financeiros ou qualquer outro desafio, o importante é, antes de tudo, tomar a decisão de realmente passar o negócio à frente.

 

Se você está realmente decidido, estabelecer o quanto que vale a loja é o passo seguinte. Além disso, é importante definir também por qual valor você vai oferecer aos possíveis compradores?

 

Um meio de avaliar quanto vale sua loja é pela quantidade de vendas que são feitas por dia, fluxo de caixa e lucros. Se os números forem altos, dá para negociar por um valor mais alto. Mas também é bom pesquisar o preço de outros negócios que são do mesmo ramo que o seu, para não fugir muito do preço. Lembre-se: preços muito altos podem afugentar os compradores, mas preços muito baixos também.

 

Primeiros passos

 

Assim que for confirmada a decisão da venda do estabelecimento, e estabelecido o preço de venda, é importante resolver assuntos que possam estar pendentes, para não ter dores de cabeça mais para frente.

 

Caso você tenha sócios, resolva todos os conflitos que possam existir ou surgir durante o processo de venda. Imagine que uma relação ruim entre vocês pode impactar na decisão do comprador.

 

Ajuste todas as confusões entre pessoa física e jurídica, afinal, o nome da loja não pode ser confundido com os donos. Do mesmo modo, é importante ter as contas e pagamentos em dia.

 

Deixe as informalidades para outro momento. Acerte todas as pendências e registre tudo que entra e sai. É essencial que as relações trabalhistas também estejam em dia.

 

 

Venda sua loja

 

Números

 

Como tudo em um negócio gira em torno de números, seja de dinheiro que entra, lucro ou contas a pagar, é bom fazer um acerto nas demonstrações financeiras.

 

Ou seja, deve-se colocar no papel todo o balanço da loja (de preferência desde que ela tenha sido inaugurada), fazer a demonstração econômica de resultados, quanto dinheiro o negócio está ganhando, como é o fluxo de caixa, se o dinheiro que entra das vendas é convertido em caixa para a loja. Registre também os créditos e débitos.

 

Tudo isso está implícito nos “primeiros passos” a serem tomados, mas merecem uma atenção maior já que, quando está tudo resolvido, pago e acertado, e todos esses dados e números são passados para o papel, a chance de deixar algum erro passar diminui.

 

É preciso ter muita atenção em tudo que é necessário para não deixar pendências para trás e sua ex-loja voltar para te assombrar no futuro.

 

Veja como estabelecer o preço antes de vender uma loja.

 

Para quem vender uma loja?

 

Pode ser que a decisão de vender sua loja tenha surgido por interesse de alguém que gostaria de comprá-lo, o que te poupa o trabalho de sair em busca de compradores. Mas caso não seja esse o seu caso, é preciso saber para quem apresentar a proposta.

 

Anuncie o seu negócio no meuBiZ e você será visto por milhares de interessados em todo o Brasil e na sua cidade. Procure divulgar o seu anúncio nas redes sociais, peça apoio a pessoas que atuem no mesmo ramo ou que conheçam bem o setor. Lembre-se de que os seus potenciais compradores podem ser encontrados mais facilmente entre os seus concorrentes, empreendedores de primeira viagem, clientes, fornecedores, amigos e familiares. É preciso explicitar a vantagem que cada um deles pode ter ao investir no seu estabelecimento.

 

Se você tem urgência, uma saída é contratar uma corretora de negócios para te ajudar nessa busca. Sai mais caro, mas pode ajudá-lo.

 

Tem uma loja para vender?

 

Anuncie-a no meuBiZ ou faça o curso “Como Vender Seu Negócio”.

 

 

Venda sua loja

 


Saiba mais:

Loja a venda – qual é a melhor hora de sair?

Vendo loja – Como fazer o repasse de um negócio pela internet

Ponto comercial – veja como passar ou vendê-lo