Você certamente já se deparou com uma placa de passa-se o ponto. Encontrar o ponto comercial ideal costuma ser a etapa mais delicada ao abrir uma empresa. Isso se o ponto comercial for fator crítico para o tipo de negócio que você escolheu abrir.

Passa-se o ponto em foco

 

Lojas, bares, restaurantes e o comércio em geral são tipos de empreendimentos em que o ponto comercial é fundamental. Logo, o ponto pode definir o destino do negócio, se ele terá sucesso ou não.

Por isso, é importante investir tempo na escolha do local onde o seu negócio irá funcionar. Todo o tempo gasto nessa decisão é válido para que o negócio inicie bem desde seu nascimento.

Você provavelmente já sabe que é preciso pesquisar os locais com base no público da região, nos preços e na concorrência. Mas como fazer a escolha certa? Visando responder a essa pergunta, relacionamos os 7 itens sobre o passa-se o ponto comercial que podem ser novidades para você.

A concorrência pode valorizar seu ponto comercial

 

Nem sempre a distância da concorrência é positiva para um negócio. Dependendo do setor, é melhor se isolar de todas as empresas que trabalham na área, para não precisar concorrer pelos mesmos clientes. No entanto, em outros casos, a proximidade com seus concorrentes pode influenciar muito no sucesso da empresa.

Na sua cidade certamente há locais com concentração de determinados tipos de negócios, por exemplo: lojas de móveis, oficinas mecânicas e concessionárias de veículos. São os chamados clusters.

O cluster é uma concentração de empresas que possuem características semelhantes e coabitam o mesmo local. Essas empresas colaboram entre si e, dessa forma, tornam-se mais eficientes. Outros dois exemplos de cluster são os shoppings e os centros industriais ou clusters industriais.

Em um ponto comercial localizado em um cluster, os consumidores circularão em busca de produtos da mesma categoria e certamente irão consumir dentro daquela região.

O mesmo vale para uma feira e até mesmo para a Rua 25 de Março, em São Paulo, onde a reunião de todos esses negócios é benéfica a todos eles.

O seu produto conta muito na escolha do ponto comercial

 

Que o seu ponto comercial deve ser acessível você sabe. Verificar a qualidade das ruas, as vias que levam ao seu negócio e o bairro em que ele está são questões fundamentais. Por isso, não basta encontrar uma placa de passa-se o ponto para se instalar.

É necessário levar em consideração o seu produto antes de selecionar o melhor lugar para se instalar. Se você tem uma padaria, é melhor estar em um bairro residencial ou em uma área comercial? Se você tem um restaurante que serve almoço, é melhor estar perto a uma escola ou próximo a escritórios em um centro financeiro?

São respostas nem sempre óbvias e que envolvem uma série de fatores. Se a sua padaria serve lanches para consumo local, pode ser interessante pensar em se instalar numa área comercial. Do mesmo modo, se o seu restaurante tiver foco no preço mais baixo, estar próximo à escola pode ser mais vantajoso, pois estudantes costumam buscar alimentação a um custo mais barato.

Para restaurantes que servem almoço, é quase sempre recomendável que estejam localizados em uma rua com alto fluxo de pessoas. A não ser que seu ponto comercial conte também com um estacionamento, item bastante valorizado nos dias de hoje.

A locomoção dos seus clientes importa

 

Como você viu no item anterior, estacionamentos são espaços cada vez mais valorizados em negócios onde o acesso não é tão fácil. Pensar em como seu cliente chegará ao seu negócio é fundamental antes de inaugurá-lo.

Pense no caso de escolas instaladas em ruas estreitas. Você provavelmente conhece algumas assim. Nos horários de início e final das aulas, é praticamente impossível estacionar ou simplesmente passar por elas. Por isso, esse tipo de negócio não deve ser instalado em ruas estreitas, pois dificulta muito o acesso dos pais.

Se o seu cliente em potencial tem uma renda elevada, ele provavelmente chegará ao seu estabelecimento de carro, a não ser que more próximo. Nesse caso, procure por ruas largas, com local disponível para estacionar. Do contrário, pense em ter um estacionamento próprio ou estabelecer parcerias com estacionamentos próximos. Lojas grandes, como de material de construção, oficinas ou supermercados, exigem esse tipo de atenção.

Se seu cliente não utiliza carro como principal meio de transporte, a sua preocupação deve ser de outra ordem. Pesquise os pontos de ônibus e metrô próximos ao ponto comercial e a quais regiões da cidade elas dão acesso. Atualmente, é fundamental também pensar sobre as vias exclusivas para bicicletas. É muito mais fácil se locomover com elas.

Como você pode notar, não há uma regra única. É preciso analisar que tipo de produto você vende, compreender quem é seu cliente e como ele chegará ao seu negócio. Entendendo isso, você terá maiores chances de obter sucesso.

Nem sempre estar visível é vantajoso

 

Quando se fala em abrir uma empresa, uma das primeiras imagens que vêm à mente é da possível fachada do negócio. Mas, na verdade, isso só importa para alguns tipos de negócio.

Muitas empresas não sofrem influência do ponto comercial, conforme dissemos. Uma clínica médica, por exemplo, que tem como foco o atendimento exclusivo a convênios, não precisa estar em foco. Pelo contrário. Isso pode evitar que muitos interessados busquem a clínica, sem que possam ser atendidos, criando um excessivo volume de pessoas. Por isso, esse tipo de empresa não deve sair em busca de placas de passa-se o ponto para comprar.

Por outro lado, se você pretende abrir uma hamburgueria com um conceito diferenciado, a imagem é essencial. Afinal, você estará vendendo um produto que pode ser facilmente encontrado em outros locais. Nesse caso, a aparência é de extrema importância e o local deve ser visualizado à distância.

A burocracia irá testar sua paciência

 

Se você já empreende, sabe que um dos maiores problemas para empreender no Brasil é a burocracia para legalizar um negócio. E isso não é diferente quando a questão é a sua instalação em um ponto comercial.

Muitos empresários descobrem essa realidade na tentativa e erro. E acredite: há quem já tenha desistido de empreender por conta disso. Em uma rápida pesquisa no Google você descobrirá alguns casos.

Não queremos lhe desmotivar, mas apenas garantir que você esteja preparado para eventuais dificuldades. Os limites da sua paciência poderão ser testados enquanto você tenta regularizar as instalações do seu negócio. Será necessário obter alvarás e pagar taxa de fiscalização para isso. A documentação necessária nesse processo são:

  • Formulário de cadastro da prefeitura
  • Consulta prévia de endereço aprovada
  • Cópia do Contrato Social
  • Cópia do CNPJ
  • Laudo dos órgãos de vistoria, quando necessário

Uma coisa importante é: por mais tempo que demore, nunca ofereça benefícios de qualquer espécie aos agentes públicos responsáveis por esse processo. E, caso seja necessário, entre em contato com o Ministério Público.

É possível que você não enfrente problemas, e que tudo corra normalmente. Muitas prefeituras já trabalham para reduzir os entraves no processo de regularização dos negócios.

Fique atento às placas de passa-se o ponto, mas pesquise com antecedência e prepare a documentação necessária para regularizar seu ponto comercial.

Passa-se o ponto com vizinhos indesejáveis

 

Muitos empreendedores cometem o erro de não conhecer os vizinhos com os quais irá dividir a rua, o quarteirão e o bairro. Nesse caso, não é preciso explicar muito. Apensar imagine uma escola infantil ao lado de um sex shop.

Pode parecer cômico, mas cada detalhe conta no sucesso do seu ponto comercial. Antes de fazer essa escolha, pesquise os tipos de negócio que combinam e quais não combinam com a sua empresa. De quem você precisa fugir a todo custo?

Negócios similares também contam ponto

 

Se você busca uma placa de passa-se o ponto para para instalar uma espetaria, onde é melhor instalar-se? Onde já havia uma espetaria ou onde havia uma loja de brinquedos? A resposta é: depende de vários fatores.

No entanto, as pessoas que sabiam da existência de um negócio similar no mesmo local, já saberão que ali é o ponto comercial de uma espetaria. Logo, você não precisa começar a apresentar o negócio desde o início.

Portanto, se você busca um ponto comercial para abrir uma empresa, pode ser uma boa ideia encontrar os mesmos tipos de negócio que estão vendendo ou passando seus pontos.

Saiba mais:

Startup cria mecanismo para reduzir a mortalidade de empresas

Passo o ponto – conheça as suas expectativas e realidade

As 12 tendências de franquias promissoras para o ano de 2017