Você já deve ter ouvido falar que as empresas contratam com base na competência técnica, mas demitem pela incompetência comportamental. E isso é verdade.

 

Apenas conhecimento técnico adquirido por meio de cursos, treinamentos e experiência não são suficientes para se manter empregado. O perfil comportamental também cumpre um papel fundamental no desenvolvimento do trabalho e pode fazer a diferença na hora de empreender, obter um emprego e se manter nele.

 

Se você já sentiu isso na pele, esse artigo pode solucionar sua dúvida de como identificar e desenvolver seu perfil comportamental.

 

O que é o perfil comportamental?

 

Ao elaborar o currículo, nos preocupamos em informar de maneira correta as informações básicas como endereços físicos e eletrônicos, meios de contato, formação acadêmica e cursos complementares.

 

O que a grande maioria ainda não considera é informar também o seu perfil comportamental, que nada mais é do que sua personalidade, habilidades e tendências de atitude. 

 

Todas as pessoas têm pontos marcantes em suas personalidades. Algumas possuem um estilo mais cooperativo, outras preferem trabalhar com independência. Algumas são mais comunicativas e persuasivas, enquanto algumas têm características mais introspectivas. Também há pessoas com um ritmo ágil e capacidade de realizar várias atividades ao mesmo tempo, enquanto outras preferem atividades mais rotineiras e previsíveis.

 

Esses são apenas exemplos de como as pessoas podem se diferenciar uma das outras, mas há outros diversos aspectos como estilo de liderança, principais fatores que o motivam e, até mesmo, o seu grau de aversão ao risco. E, por incrível que pareça, não existe um perfil único que seja ideal para o mercado de trabalho. Pelo contrário, cada vaga demanda um tipo expecífico de perfil comportamental.

 

Uma vaga de motorista, por exemplo, demanda uma pessoa concentrada, que gosta de trabalhar de forma independente e que tem aversão ao risco. De forma distinta, uma pessoa que atuará em vendas necessita ser mais comunicativa, persuasiva e gostar de se relacionar.

 

As informações sobre o perfil comportamental geralmnete não são apresentadas nos currículos, pois poucas pessoas têm acesso a esse tipo de informação. No entanto, esse pode ser o diferencial ao disputar uma vaga. Por isso, é importante descobrir seu perfil e descrevê-lo para um futuro empregador.

 

Como descobrir meu perfil comportamental?

 

É comum pensar que conhecemos todos os nossos pontos fortes e características, mas não é bem assim. A forma mais utilizada e também fiel e eficaz para descobrir o perfil comportamental é através de um teste de personalidade. Por meio dele é possível traçar as características de um perfil como os pontos fortes, fracos, talentos, tipo de comunicação, como gosta de trabalhar, etc.

 

Sendo assim, após um teste de personalidade bem feito, o indivíduo descobre como é seu perfil comportamental e tem um material para elaborar um bom currículo.

 

Como construir o seu perfil profissional

 

Quando se está concorrendo a uma vaga de emprego, o foco é ser selecionado. Para isso, o candidato deve apresentar informações que o diferenciem de outros candidatos e que surpreendam positivamente o avaliador.

 

Escrever ou falar clichês não ajuda, pelo contrário. Dizer coisas coisas que todos dizem não irá causar destaque, mas pode sim fazer com que o candidato esteja entre os eliminados.

 

Se o seu perfil comportamental é de trabalhar de forma independente, evite dizer que tem capacidade de trabalhar em equipe.

 

Se você prefere atividades mais rotineiras, evite caracterizar-se como dinâmico ou capaz de se adaptar a qualquer tipo de atividade.

 

Se não gosta ou não tem perfil para liderar, deixe isso claro. Muitas vezes as empresas estão buscando o que um candidato tem, mas ele prefere destacar características que não tem.

 

Use uma ferramente para analisar seu perfil profissional

 

O perfil comportamental pode ser o grande diferencial na hora de conseguir um emprego. Sabendo disso, o primeiro passo é realizá-lo.

 

Esse teste de perfil leva menos de 15 minutos e você terá uma análise completa para utilizar no seu currículo.

 

Relate suas principais habilidades

 

Logo após identificar o perfil comportamental, reflita sobre como suas características contribuirão para a vaga. Relacionar seu perfil ao perfil da vaga é um bom argumento para mostrar que o candidato tem autoconhecimento e também pesquisou acerca da vaga disponível.

 

Nessa hora, pensar como recrutador pode ajudar. Se você divulga uma vaga, você irá buscar a pessoa com melhores habilidades possível. Desta forma, informar suas principais características e competências que atendem à vaga é de enorme valia.

 

Deixe claro seus objetivos profissionais

 

Se “recolocar no mercado de trabalho” não é um objetivo profissional. Você deve responder “para quê” deseja se recolocar. Seja ambicioso, apresente seus planos, desejos e metas de crescimento. Se você almeja ser um gerente, por exemplo, deixe isso claro e mostre como aquela vaga o auxiliará a alcançá-lo.

 

Conte sobre suas conquistas

 

Além de apresentar seu perfil comportamental e objetivos profissionais, é também fundamental apresentar suas conquistas ao longo da carreira. Pode ser uma promoção de cargo, um projeto relevante, uma venda desafiadora.

 

O objetivo é apresentar ao empregador que você se enxerga como alguém capaz de utilizar suas habilidades para crescer enquanto pessoa e profissional.

 

Mantenha seu currículo atualizado

 

Um erro frequentemente cometido por candidatos é cadastrar o currículo em algum site e ali abandoná-lo. No entanto, as empresas buscam profissionais que estão sempre em busca de se atualizarem. Por isso, o currículo também precisa estar sempre atualizado com frequência.

 

Sempre atento ao bom português

 

Parece uma dica óbvia, mas basta uma pequena desatenção e o seu currículo pode ser evitado. Leia atentamente cada palavra escrita no seu perfil, mantendo a atenção também a concordância das palavras.

 

Lembre-se que esse será o seu primeiro contato com o recrutador. Portanto, um erro ortógráfico pode ser indesejável.

 

Observando todas as dicas que falamos aqui, a principal delas é realizar um teste de personalidade.

 

Conheça essa ferramente de perfil comportamental e aumente suas chances no mercado de trabalho!

 

 


Veja mais

Empresa cria ferramenta de análise de perfil profissional

Dicas para identificar um comprador sério para o seu negócio

4 formas de utilizar a tecnologia a seu favor nos negócios