A sociedade vive a era da internet e da conexão digital e, para acompanhar esse movimento, as marcas precisaram desenvolver um planejamento digital adequado, estando presente nos canais que seus potenciais clientes estão e de forma mais adequada.

Cada vez mais, as pessoas estão conectadas e são usuárias de redes sociais, assim como de sites e blogs.

Isso faz com que as empresas estejam nesse meio para obter um reconhecimento de sua audiência e de modo a permitir que a marca seja evidenciada para o público, melhorando a relevância e visibilidade.

É neste ponto que o planejamento digital se mostra necessário, pois é por meio dele que é possível definir o que será veiculado nas redes sociais ou em um site da empresa e como isso será feito para proporcionar mais qualidade na presença online.

Planejamento digital na empresa e sua importância

Com a implementação cada vez maior das tecnologias e mídias digitais no cotidiano, para se posicionarem frente ao mercado e ter acesso ao público as empresas precisam estar nesse ambiente para aumentar a visibilidade da marca, sua credibilidade e ter chance de atrair mais clientes.

Contudo, não basta apenas publicar um conteúdo na internet. É necessário planejar como ele será feito e em que canais será veiculado, para que traga resultados para a marca.

Posteriormente, será preciso verificar, analisar e, depois, mensurar os resultados obtidos para melhorar as próximas ações, verificando – por exemplo – como anunciar no Google Ads.

Para que a empresa consiga alcançar seus objetivos, que é aumentar suas vendas ou ser mais visível no mercado, o planejamento é essencial.

Se você quer saber mais sobre o assunto e deseja aplicar um planejamento digital em sua empresa, nos acompanhe neste artigo e conheça as diferentes formas de garantir a presença digital e de materiais que podem ser criados para trazer relevância ao site.

O que é o planejamento digital?

Quando falamos sobre planejamento digital, estamos nos referindo ao planejamento que é feito para o conteúdo que será veiculado em redes sociais, sites, blogs, canais virtuais de anúncios e, até mesmo, o envio de emails aos clientes.

Tudo isso feito de forma estratégica e considerando um calendário maior para que a marca atinja os objetivos gerais. Mais ainda, isso envolve saber:

  • – Número de publicações semanais no site ou blog;
  • – Quais redes sociais a empresa deve estar;
  • – Número de postagens nas redes sociais;
  • – Definição de legendas e palavras-chave/hashtags usadas;
  • – Periodicidade de publicação.

Muito desse planejamento, inclusive, conta com estratégias vinculadas ao Marketing Digital, que trabalha com o desenvolvimento de conteúdo em fotos, vídeos, reels, infográficos, carrossel, artes, podcasts e textos para serem veiculados na rede de forma atrativa e estratégica, podendo ser complementares.

Isso significa dizer que o planejamento delimita um cronograma, que pode ser semanal, mensal ou anual para a criação de materiais em diferentes formatos para atrair, reter e informar o leitor.

Esse cronograma pode ter ajustes ao longo da campanha, conforme os resultados obtidos, mas parte de uma ideia global do que será feito pela empresa para atingir as metas definidas para as redes e seus impactos gerais no resultado da marca.

Inclusive, o cronograma pode ser alinhado com as estratégias de comunicação organizacional externa e interna.

Por exemplo, anualmente, a empresa já tem uma previsão de eventos, datas comemorativas e ações que pretende realizar.

Para que esse alcance seja maior e que a empresa possa ter resultados positivos, nas diferentes campanhas comunicacionais, é possível alinhar o planejamento estratégico para mídias sociais a esses elementos organizacionais.

Mas, por que uma empresa deve contar com esse planejamento digital?

Quais os benefícios que o planejamento pode agregar?

Uma empresa que deseja ter sucesso e obter diferencial diante de sua concorrência, precisa contar com um planejamento de conteúdo para o meio digital.

Como já falamos no início deste artigo, a revolução digital fez com que muitas pessoas estivessem no ambiente online, realizando pesquisa sobre produtos e serviços, ou realizando compras, além de buscando informações e aprendendo com conteúdos diversos.

Com isso, surgiu a necessidade das marcas se adequarem ao comportamento dos usuários, aderindo o uso das redes e do ambiente digital como um todo.

No entanto, muitas empresas estão no meio digital e por isso é necessário obter elementos que agregam um diferencial competitivo diante da concorrência.

É por isso que quem tem um bom planejamento digital se destaca, pois é sinônimo de publicar conteúdos direcionados para o público, a partir de objetivos que foram bem delimitados e de estratégias específicas e que serão mensuradas.

Nesse contexto, um bom planejamento digital contribui para que a empresa tenha uma melhor organização, assim como para visualizar os resultados de uma maneira mais prática e efetiva, sabendo quais melhorias aplicar.

Além disso, com um bom planejamento a empresa também consegue prevenir crises, assim como ter um bom gerenciamento em relação a sua imagem institucional.

Isso sem falar do diferencial diante da concorrência, pois o público reconhece um conteúdo de qualidade e credibilidade, bem como o algoritmo identifica sites mais relevantes para a audiência, promovendo novas oportunidades de negócio.

Agora que você já conhece quais são os benefícios que um planejamento digital pode agregar para sua empresa, vamos conhecer como criar um plano digital, assim como os elementos indispensáveis para a estratégia de conteúdo, inclusive para o Instagram Ads.

Como montar um bom planejamento digital?

Para montar um bom planejamento no ambiente digital, existem algumas estratégias cruciais que precisam ser aplicadas para otimizar o processo de elaboração. Listamos algumas dessas estratégias a seguir, confira:

  • – Defina os objetivos da empresa;
  • – Conheça quem é o público-alvo;
  • – Identifique quais redes usar;
  • – Estabeleça se o site será utilizado como ferramenta de venda;
  • – Realize uma pesquisa de mercado;
  • – Escolha os canais que serão utilizados;
  • – Contrate e capacite profissionais qualificados;
  • – Identifique a concorrência;
  • – Monte um cronograma de postagens.

Antes de qualquer procedimento, é fundamental estabelecer quais objetivos a empresa deverá atingir, para que a criação de conteúdo e suas ações sejam direcionadas para essas metas.

Por exemplo, se deseja que a empresa tenha uma presença no ambiente digital para aumentar a visibilidade e número de seguidores e curtidas da marca, materiais que promovam engajamento e sejam virais são os mais adequados.

Por outro lado, a sua empresa pode desenvolver um conteúdo que seja mais voltado a vendas, direcionando o cliente para uma determinada página do seu site ou blog para ter mais informações sobre o produto ou para que conclua a compra.

Por isso, quando a empresa conhece os seus objetivos e metas, o processo de elaboração das estratégias e planos digitais fica mais fácil e apresenta resultados mais adequados aos esperados. Além desses aspectos, outros pontos que demandam atenção são:

Identificação da audiência e da concorrência

Do mesmo modo que é necessário estabelecer os objetivos da marca, ter conhecimento de sua posição no mercado como um todo é fundamental.

Tal processo acontece quando a empresa realiza uma pesquisa de mercado com o objetivo de identificar quem são seus concorrentes e público, de modo a definir o seu diferencial e quais aspectos serão valorizados na marca para cativar a audiência.

Para que isso seja possível, além das forças e fraquezas em relação aos concorrentes, é preciso entender/definir mais do que o público-alvo, conhecendo as preferências, desafios e interesses dos potenciais clientes, criando personagens mais claros para a criação de conteúdos.

Consequentemente, consegue-se criar um conteúdo que – de fato – tem a relevância para o cliente e que gera mais interação e engajamento.

Conteúdos e redes sociais

É importante que a empresa também se atente aos canais digitais em que ela estará presente.

Não vale a pena estar em muitos canais se a empresa não produz conteúdo adequado e de forma constante em todos eles.

Lembre-se que o mais importante é estar no ambiente que o potencial cliente está, bem como adequar os conteúdos para a linguagem específica de cada rede e perfil de consumidor.

Mais ainda, para ter excelentes resultados é crucial ter um plano e calendário claro de materiais, além de monitorar e mensurar de forma adequada os conteúdos postados, identificando aqueles que melhor respondem ao objetivo estipulado e aos interesses dos usuários, apresentando uma melhor performance.

Também é muito importante que a equipe tenha qualificação técnica para realizar esses serviços, para que o planejamento estratégico do conteúdo publicado em rede seja assertivo.

Quais estratégias e ferramentas utilizar?

Existem algumas estratégias e ferramentas que podem ser utilizadas para auxiliar na montagem de um planejamento digital.

A exemplo podemos citar o uso de softwares, assim como ferramentas online que ajudam na criação de um calendário, do planejamento e dos próprios conteúdos a partir de cada rede social.

Existem alguns programas que também permitem o agendamento de postagens à longo prazo, emitindo relatórios sobre o desempenho e facilitando o processo de mensuração dos resultados, bem como a constância de postagem

Em relação ao marketing utilizado no ambiente digital, ele tem como objetivo desenvolver estratégias a partir da identificação do público, que ajude a captar e atrair os clientes.

Por isso, uma das estratégias utilizadas se dá por meio da criação de anúncios e campanhas em redes sociais, como é o caso do Instagram Ads.

As redes sociais atraem diversos usuários diariamente e isso faz com que o seu negócio seja mais visto e reconhecido pelas pessoas.

Ao criar uma campanha em rede social, a empresa precisa definir metas e objetivos, tanto para a publicação quanto para o negócio. Dentre os resultados esperados, é possível especificar:

  • – Aumento no número de curtidas;
  • – Conquista de mais seguidores;
  • – Aumento de interações e comentários;
  • – Aumento de mensagens no direct.

A partir do objetivo que a empresa tem, ela cria uma campanha com orçamento e duração específicos.

O mais interessante é que esses anúncios podem contar com a integração em mais de uma rede, como funciona o Facebook Ads, que possibilita que um perfil business seja criado de modo a veicular a publicidade no próprio facebook e no instagram.

Assim, para criar a campanha de forma efetiva, deve-se colocar quais são seus objetivos e metas, duração estimada para a campanha e o custo total que pode ser despendido por dia, por exemplo, considerando o formato de cobrança.

Além da importância de criar anúncios e campanhas nas redes sociais, algumas pessoas realizam suas pesquisas direto em ferramentas de busca, como é o caso do Google.

Assim, também é importante reconhecer os algoritmos desse espaço e contar com ações orgânicas e pagas para melhorar o posicionamento do site, facilitando sua identificação.

No caso dos anúncios, será preciso recorrer ao Google Ads. Basicamente, essa ferramenta contribui para que o site ou perfil na rede social obtenham um bom posicionamento no ranking de resultados da plataforma quando assuntos relacionados ao serviço/produto forem pesquisados.

Além disso, é possível acompanhar os resultados das ações digitais, visto que mostra quantas pessoas viram seu negócio, realizaram ligações e tiveram interesse no endereço.

Para criar um anúncio, a empresa precisa ter uma conta gmail e criar uma campanha com os objetivos, duração, orçamento por dia e tema. A partir disso, diariamente, a empresa consegue acompanhar os seus resultados.


Veja mais

Comércio a venda – Conheça as oportunidades

Venda de fazenda – Como comprar ou vender no setor agrícola

Fábrica à venda – Como investir no setor industrial

Academia à venda – Conheça as oportunidades no setor

Brasil empresas – como empreender com menor risco

Negócios lucrativos – como encontrar empresas para investir

Fazenda à venda: como investir no setor agrícola

Salões de beleza à venda são bons negócios para empreender

6 dicas para escolher um bom imóvel comercial

Quiz de personalidade – analise seu padrão comportamental para o empreendedorismo

Teste de personalidade – Como elevar suas chances no mercado

Bom negócio RJ – Como empreender um bom negócio no RJ

Depósito de gás é um bom negócio para empreender

6 dicas para escolher um bom imóvel comercial

Salões de beleza são bons negócios para empreender

Passando o Ponto Comercial – Como colocar o ponto à venda

Afinal de contas, comprar uma empresa é um bom negócio

Fusões e aquisições – o que é e para que serve?

Avaliação de empresas – Tudo o que você precisa saber

6 itens críticos na negociação de uma oferta de compra