Você sabia que o mundo coorporativo investe uma boa parte do tempo e dinheiro para selecionar pessoas com um perfil que se ajuste dentro de sua organização? Além do comprometimento e competência, é claro! E isso tudo se deve a realização de um teste de personalidade.

 

Com o objetivo de avaliar também os tipos de personalidade, os testes psicológicos – de personalidade – estão se tornando cada vez mais populares entre as empresas que buscam o candidato certo para o trabalho.

 

Tentar falsificar as respostas para um teste de personalidade é uma estratégia arriscada. Melhor é entender como um teste de personalidade funciona, dar as respostas honestas, garantindo que não responda a nenhuma pergunta de maneira a reduzir as chances de conseguir o emprego desejado.

 

Quer saber por que as empresas usam tanto esses testes psicológicos? Então me acompanhe nesse artigo que vamos entender primeiro o que abrange um teste de personalidade

 

O que são os testes de personalidade?

 

São testes aplicados por meio de um questionário, com a finalidade de descobrir os tipos de personalidade – traços inatos ou adquiridos – de uma pessoa, muitas vezes desconhecidos. Através desse teste psicológico é possível detectar o tipo de caráter e tipos de temperamento de um indivíduo.  Essas características marcantes que o teste de personalidade revela é que distingue uma pessoa de outra, determinando sua reação entre um grupo ou uma situação.

 

Para se certificar de que cada traço de personalidade é medido com precisão, muitas vezes haverá uma série de perguntas diferentes projetadas para medir apenas um traço.

 

Dicas de como se preparar para o teste de personalidade

 

Entender o que as empresas esperam obter desses testes de personalidade é a chave para garantir que você tenha um bom desempenho. Pensando nisso, separei algumas dicas para você se preparar para o seu teste psicológico:

 

1 – Leia as especificações

 

Leia atentamente a especificação pessoal e pense em quais traços de personalidade se encaixariam bem com as competências especificadas pelo empregador.

 

2 – Pesquise o teste antes

 

Se você conseguir a informação sobre qual teste será aplicado a você, o tipo que a empresa usa para esse caso, esta é a sua chance de tentar pesquisar sobre ele com antecedência para ficar mais preparado e entender quais as características que ele mede e avalia.

 

3 – Mantenha a calma

 

Respire fundo e mantenha a calma. Ficar nervoso nesse momento não é uma boa saída. Tire suas dúvidas no momento certo e depois leia com atenção para que entenda tudo que estão pedindo. Esteja atento em responder à todas as perguntas.

 

4 – Assuma uma postura profissional

 

Vá para o teste no modo “profissional” e complete o teste dessa maneira. Responda às perguntas como se estivesse conversando com alguém no trabalho. Isso fará também com que se sinta mais à vontade e perca o nervosismo.

 

Vantagens de realizar um teste de personalidade para quem busca se posicionar no mercado de trabalho

 

Conhecer sua personalidade é o passo mais assertivo para quem está em busca de um lugar no mercado de trabalho. Fique atento aos benefícios de fazer o teste:

 

Ter mais clareza sobre si mesmo

 

Através do teste de personalidade é possível ter mais clareza sobre si mesmo e praticar o autoconhecimento, dando um passo para elevar seu perfil profissional e motivacional.

 

Entender seu funcionamento

 

Ter uma percepção de si mesmo. Compreender sua personalidade e como você funciona em determinadas situações. A partir daí fica mais fácil compreender os traços de sua personalidade mais profundamente. Por que tomei aquelas atitudes no passado? Onde quero estar agora? São perguntas que você poderá fazer depois da aplicação dos testes.

 

Capacidade de fazer suas próprias escolhas

 

Quando o indivíduo se percebe, sua automotivação potencializa e consequentemente é capaz de fazer avaliações que vão de encontro com seu bem estar e satisfação, ou seja, adquire um discernimento maior para filtrar, numa oferta de trabalho, por exemplo, o que será bom ou não para ele em todos os aspectos, profissional, pessoal e emocional, deixando de se preocupar somente com a questão financeira.

 

Mudança de valores

 

A mudança de valores acontece quando o indivíduo percebe que em algum momento sua conduta social interfere no ambiente profissional. Começa então a fazer ajustes em seu comportamento a fim de não se prejudicar. Mudanças são lentas, embora muitas delas pertinentes, e quando se fala em mudança de comportamento é ainda mais complicado. É preciso vigiar-se todo o tempo para que haja comprometimento e força de vontade em fazer diferente.

 

Aprende a ser mais tolerante

 

Existem pessoas que nasceram e vão morrer com tolerância zero. Tem se falado muito em empatia – se colocar no lugar do outro. Quando você se conhece melhor você aprende que as relações no trabalho e pessoais é um passo para chegar na frente. As se conhecer fica mais fácil conhecer o outro, e conhecer o outro é dar oportunidade a você mesmo de ter bons relacionamentos. Toda empresa quer um profissional que se relacione bem com a equipe. Fique atento!

 

Relações interpessoais

 

O bom relacionamento interpessoal é o resultado de um bom relacionamento intrapessoal, ou seja, é a forma como relacionamos com nós mesmos. Quando estamos bem resolvidos tanto pessoal ou profissionalmente, nossa relação com o outro é muito mais suave e plena.

 

Ao contrário disso, quando nada vai bem, o reflexo disso é uma grande animosidade entre as pessoas que estão por perto, principalmente no ambiente de trabalho.

 

Quando aplicado o teste de personalidade e detectado comportamentos que revelam atitudes negativas, agressivas, errôneas e que poderão ser sabotadores, cuide-se para identificar o que o faz ficar assim. Constantemente vemos nossos colegas de trabalho ou chefe nesse estado. Não conseguem resolver seus problemas pessoais e acabam transferindo para toda a equipe, com rispidez. Cuide de você, sinta-se bem consigo mesmo que tudo ao redor ficará bem também.

 

Flexibilidade e Versatilidade

 

Uma importante habilidade que, após fazer o teste de personalidade poderá apontar para você é a capacidade de ser flexível. Poderá potencializar ele para que esteja sempre presente. Embora ser flexível não significa abdicar das suas expectativas e opiniões e se tornar um colaborador manipulável. Ser flexível é se tornar capaz de fazer questionamentos, sugestões, pontuar reivindicações, conservando sempre a empatia, respeitando a opinião do colega de trabalho. A flexibilidade existe quando o profissional se sente confiante e seguro para correr riscos e se colocar a frente das inúmeras situações que ocorrem no ambiente de trabalho.

 

Viu como é importante realizar um teste de personalidade e adquirir o autoconhecimento? Saiba que isso é essencial para sua vida. O autoconhecimento é talvez a maior das ferramentas pessoais e profissionais, pois ela permite que tenhamos resultados fantásticos, de nos tornar verdadeiros líderes, que sabem a hora certa de assumir responsabilidades, de delegar tarefas, de assumir riscos e buscar resultados satisfatórios.

 

Clique aqui para iniciar seu teste.

 


 

Veja mais

Teste DISC – Como essa ferramenta pode desenvolver sua carreira

MBTI – Como conhecer o seu perfil te auxilia na carreira

Teste de autoconhecimento – Como tirar o melhor proveito dele

Perfil profissional – Veja dicas para melhorar o seu

Perfil comportamental – Dicas infalíveis para descobrir e melhorar o seu

Perfil comportamental – Empresa lança teste para facilitar o empreendedorismo e a busca de emprego