Você sabe qual o valuation da sua empresa? Para que seja possível responder tal pergunta é necessário que uma avaliação da empresa seja feita, pois só assim é possível descobrir qual é o seu valor.

Entretanto, é necessário ter em mente que existem diversos métodos de valuation que podem ser usados para descobrir o real valor de uma empresa, e escolher o método ideal é fundamental para chegar a um resultado mais justo e fidedigno ao seu empreendimento.

Decidir qual metodologia usar para fazer um valuation exige que você tenha conhecimento estratégico e técnico, além disso, você deve conhecer bem o setor bem como as condições que a sua empresa está.

O valor final que você encontrar irá variar, levando em consideração qual dos métodos de valuation que foram usados e das premissas consideradas no momento da modelagem financeiras.

Notou o quanto é importante saber como calcular o valor correto do valuation?

Por esse motivo, fizemos esse artigo para te explicar como fazer esse cálculo e quando usar cada metodologia bem como quando colocá-las em prática.

Boa leitura!

O que é valuation?

valuation equipe conversando
O que é valuation?

O valuation é muito importante, senão fundamental, no processo de venda de uma empresa. Isso porque atribuir ou arbitrar um valor muito alto – e fora da realidade – pode fazer com que o empresário não obtenha nenhum interessado pelo negócio.

 Por outro lado, com um preço muito baixo o empresário não maximiza seus ganhos e pode perder dinheiro. Por isso é tão importante ter um método, ainda que simples, para saber como calcular o valor de uma empresa.

Além de servir como uma poderosa ferramenta para estimar o preço de uma empresa à venda, o valuation também é o processo mais comum para que investidores investiguem quanto vale uma determinada empresa no mercado de ações, podendo comprar empresas com preço abaixo de seu valuation, ou seja, que estejam baratas.

Como cliente, você aceitaria comprar uma dúzia de maçãs pagando R$ 100,00? Provavelmente não. 

No mercado de compra e venda de empresas e no mercado de ações acontece o mesmo: você e nem ninguém deveria querer pagar por uma empresa um preço que ela não vale. E aí está a diferença entre preço e valor.

No caso das maçãs, o cliente deveria procurar comparar o preço do produto em diferentes lugares. Se a dúzia de maçãs estiver custando, em média, R$ 12,00 então ele poderá verificar que pagar R$ 100,00 é abusivo ou caro diante do que outros concorrentes estão oferecendo.

O vendedor poderia defender que o custo de produção das maçãs está muito elevado e que suas margens estão cada vez mais reduzidas. 

No entanto, se o produto está sendo oferecido a preços de referência tão distintos, o que explicaria tamanha disparidade? O mesmo argumento funciona para empresas à venda.

Ao comparar preços de um determinado produto, o cliente está realizando uma espécie de valuation, mais especificamente por múltiplos,  que é um dos métodos que abordaremos a seguir.

Mas, diferentemente de comparar preço de maçãs, estabelecer uma cotação realista nem sempre é tarefa simples. Para determinar o preço justo, os empresários e investidores costumam utilizar a experiência de um avaliador ou corretor de negócios, que podem fazer uso de diferentes métodos ou abordagens de avaliação.

Qual objetivo principal da valuation?

valuation explicacao
Qual objetivo principal da valuation?

Infelizmente não é raro encontrarmos negócios onde os sócios e responsáveis não têm ciência sobre o real valor da empresa.

Isso, a curto ou longo prazo, pode colocar a empresa em maus lençóis, uma vez que não haverão referências plausíveis e suficientes para a tomada de decisões.

A Valuation, como explicado anteriormente, existe para identificarmos qual é o valor de mercado da empresa.

Saber quanto cada empresa vale é fundamental para tomar decisões estratégicas, agora ou no futuro, como a venda da instituição, a solicitação de empréstimos, a fusão com outro negócio ou a prospecção de novos sócios.

O que considerar no valuation?

Citamos logo abaixo o que deve ser considerado ao realizar o cálculo do valuation:

  • Identifica as características que trazem valor a uma organização;
  • Torna possível saber a quantia de dinheiro necessária para investir em uma empresa;
  • Saber como foi o crescimento da organização com o passar dos anos;
  • Entender o que pode ser melhorado e o que faz aquela organização valer menos do que outras;
  • Negociar o valor mais justo da empresa com o societário;
  • Saber o valor de mercado, em casos de compra ou venda de ações.

Como calcular o valor de uma empresa?

valuation time equipe fazendo reuniao
Como calcular o valuation?

Agora, vamos explicar como calcular o valor de uma empresa, confira!

– Fluxo de Caixa Descontado

O método mais famoso de avaliação de empresas é o Fluxo de Caixa Descontado. Por sua maior exatidão em comparação com os demais métodos, a maioria dos especialistas concorda que esta seja a melhor forma de avaliar um negócio

Não por acaso, pode ser também a forma mais complexa se a empresa não tiver com as suas contas (despesas, receitas, investimentos) registradas no fluxo de caixa.

O requisito principal da metodologia de Fluxo de Caixa Descontado é que a empresa esteja com o seu fluxo de caixa organizado. Por isso, alguns empresários acabam contratando um corretor de negócios ou avaliador para esse trabalho.

A ideia principal por trás do método de Fluxo de Caixa Descontado é que a empresa vale aquilo que ela é capaz de gerar para seus sócios no futuro. 

Em outras palavras, uma empresa só teria valor se fosse capaz de gerar lucros futuros aos seus proprietários.

Para calcular o valor de uma empresa usando esse método deve-se seguir os 4 passos:

a) Calcule o fluxo de caixa histórico 

O passo inicial pressupõe calcular o fluxo de caixa dos últimos anos. O fluxo de caixa consiste em organizar o quanto entra (receitas), o quanto sai (despesas), o quanto se paga de impostos e o quanto se investe, chegando ao resultado final (lucro ou prejuízo) durante o ano. 

Esses resultados são utilizados para analisar o quanto a empresa é capaz de gerar aos seus empresários. E esses resultados serão projetados no passo seguinte. Por isso, quanto mais anos tiver o histórico, melhor.

Dessa forma, a maneira como calcular o valor de uma empresa pelo método de Fluxo de Caixa Descontado passa, primeiramente, por compreender o fluxo de caixa. 

b) Análise e projete o fluxo de caixa

O segundo passo é analisar o histórico do fluxo de caixa, estabelecer as premissas de projeção e projetar as finanças futuras para os próximos 5 ou 10 anos.

As premissas são as regras utilizadas para prever os resultados financeiros vindouros. 

Por exemplo, se as despesas cresceram, em média, 5% ao ano, essa é a regra que deve ser utilizada para a projeção. Se as receitas caíram 2% por ano, em média, utilize esses resultados.

No momento de analisar o histórico é possível encontrar fatos esporádicos e incomuns, por exemplo, uma multa não esperada ou um gasto para pagamento de contas pessoais, que não fazem parte da operação da empresa. 

É indicado desconsiderá-lo do seu fluxo de caixa para que haja maior linearidade e constância dos dados. 

Um ponto fundamental da projeção é utilizar premissas realistas. É comum conversar com empresários que apresentam projeções muito mais otimistas que o seu histórico, com o objetivo de chegar a um valor da empresa muito maior. 

Isso afasta um comprador quase imediatamente. Por isso, é melhor ser conservador é justo e garantir a venda, do que otimista sem conseguir vender o negócio.

c) Calcular a taxa de desconto 

O terceiro passo é estabelecer a taxa de desconto, também chamado WACC. É a taxa de desconto que trata o fluxo de caixa a valor presente, por isso o nome Fluxo de Caixa Descontado.

A taxa de desconto considera os riscos da atividade e as demais oportunidades de investimento.

Por exemplo: se um empresário consegue um retorno de 12% ano ano investindo em Tesouro Direto (uma aplicação extremamente segura), por que ele deveria arriscar seu dinheiro em uma empresa que rende menos que isso? Nesse caso, a taxa de desconto deve ser maior que 12%.

Aprenda em detalhes como calcular a taxa de desconto.

d) Calcular o valor presente do Fluxo de Caixa Projetado

Agora que você tem os resultados da empresa para os próximos 5 ou 10 anos e tem também a taxa de desconto, é hora de fazer a conta e trazer os resultados a valor presente. Como calcular o valor de uma empresa pelo Fluxo de Caixa Descontado é uma regra matemática. 

A fórmula básica a ser utilizada no Excel para descontar ou trazer o valor presente é o Valor Presente Líquido (VPL). Se todos os passos foram seguidos corretamente, o resultado final é o quanto vale o seu negócio.

– Valuations por Valor Patrimonial

Calcular o valor de uma empresa pelo método de Fluxo de Caixa Descontado é muito útil para empresas que estão obtendo lucro. Mas caso a empresa não esteja com as contas no azul, o valuation será zero e o negócio não valerá nada? Claro que vale! 

Mas para calcular esse valor será preciso utilizar outro método. Essa abordagem também funciona bem para empresas que possuem capital elevado, como maquinário de alto valor.

Uma alternativa é avaliar a empresa utilizando o método do Valor Patrimonial do negócio, ou seja, calcular o valor de seus ativos tangíveis e intangíveis. 

São tangíveis pois se pode tocá-los, como imóveis, veículos, máquinas, equipamentos. Aquilo que pode se transformar em recursos financeiros também deve ser considerado. Por exemplo, contas a receber.

Calcule também os passivos, que são as contas a pagar, as dívidas, passivos trabalhistas e tributários. Com isso, você tem em mãos o valor dos ativos e o valor dos passivos. O passo seguinte é pura e simples regra matemática. 

Ativos – Passivos = Valor patrimonial

Faça o cômputo total dos ativos e subtraia dos passivos. Essa é uma maneira mais simples de como calcular o valor de uma empresa, mas não menos útil.

Dica: Se o  valor da empresa for maior na metodologia de Valor Patrimonial que no Fluxo de Caixa Descontado, a liquidação dos ativos pode ser uma maneira mais rápida e rentável para se desfazer do negócio.

– Valuations por Múltiplos de Mercado

Quanto vale minha empresa se eu não tenho ativos e se ainda não tenho lucro? Nesse caso, você pode calcular utilizando os Múltiplos. A ideia por trás dessa metodologia é que os negócios iguais têm valores próximos. 

Por isso, esse método utiliza a comparação de valor entre empresas parecidas, do mesmo setor, por exemplo. 

Aqui vale a ideia da comparação entre os preços das maçãs: tendo em vista que todas as opções do mercado geram o mesmo benefício, você aceitaria pagar R$ 100,00 por uma dúzia de frutas que custam R$ 12,00 em outros estabelecimentos. 

Essa é uma forma mais simples e fácil de calcular quanto vale uma empresa. Por não considerar especificidades da empresa avaliada, pode não ser o método mais exato.

O primeiro passo para o cálculo de múltiplos é a definição de quais indicadores comparar. Os principais deles são:

  • Múltiplos de lucro – Calcula o Preço por ação (P) dividido pelo Lucro por ação (L) e compara com outras empresas.
  • Múltiplos de faturamento – Estabelece o preço a partir do faturamento de um período. É muito comum no Brasil ouvir que uma padaria vale entre 5 ou 7 vezes o seu faturamento mensal. Esse é um múltiplo muito comum.
  • Múltiplos de valor patrimonial – Valor de mercado dividido pelo valor do patrimônio líquido da empresa.
  • Múltiplos de receita – A receita é a primeira linha do resultado, ela é menos influenciada pelas regras contábeis.

Os múltiplos variam de acordo com o setor e localização da empresa, dentre outros fatores. Como resultado, os valores de empresas variam tipicamente de uma a quatro vezes o fluxo de caixa anual.

– Liquidação

Esse tipo de valuation é mais usado em situações em que as empresas estão sendo fechadas, pois ele faz a soma de todos os ativos e subtrai os passivos da empresa. 

Outro diferencial dessa metodologia é o tempo, pois ela é feita em curto prazo, para que os investidores consigam ter dados do que sobrou do patrimônio para uma eventual venda. Por isso o nome valuation de liquidação. 

Qual o método de valuation mais utilizado no Brasil?

valuation reuniao equipe
Qual o método de valuation mais utilizado no Brasil?

O valuation mais utilizado pelo mercado brasileiro é o chamado “fluxo de caixa descontado”. 

Isso porque, tal análise permite projetar quanto a empresa irá gerar de fluxo de caixa livre nos próximos anos, bem como saber o valor presente, descontados os riscos inerentes a cada negócio.

Exemplo de cálculo de valuation

Para deixar mais claro como fazer o valuation da sua empresa, veja o exemplo prático que separamos.

Imagine que hoje em dia a sua empresa tenha um fluxo de caixa de R$ 100.000,00 por ano e a sua previsão de crescimento anual, levando em consideração as análises feitas nos anos anteriores, seja de 3%.

No ano de 2019, a sua empresa teve fluxo de caixa livre de R$ 100.000,00. Em 2020, então, esse valor subiu para R$ 103.000,00. No ano seguinte, chegou a R$ 106.090,00. E assim por diante.

Retomando o exemplo citado no Passo 3, ficou decidido que a sua taxa de desconto será de 15%.

Agora, vamos à equação:

FCD = 100.000 / (1 + 0.15)¹ + 103.000 / (1 + 0.15)² + 106.090 / (1 + 0.15)³

Essa é a soma de todos os fluxos de caixa futuros descontados, e é o valor máximo que o seu potencial comprador deverá pagar pelo seu negócio hoje se ele quiser obter um retorno de 15% ao ano.

Os numeradores representam os fluxos de caixa anuais esperados, que neste caso começam em 100.000 reais no primeiro ano e depois crescem em 3% ao ano.

Os denominadores convertem esses fluxos de caixa anuais em seu valor presente, uma vez que os dividimos por 15% ao ano.

Ou seja:

2019

  • FC Atual: R$ 100.000
  • FCD: R$ 86.957

2020

  • FC Atual: R$ 103.000
  • FCD: R$ 77.883

2021

  • FC Atual: R$ 106.090
  • FCD: R$ 69.756

2022

  • FC Atual: R$ 109.273
  • FCD: R$ 62.473

2023

  • FC Atual: R$ 112.551
  • FCD: R$ 55.958

Mesmo que os fluxos de caixa esperados continuarão crescendo, as versões descontadas desses fluxos de caixa diminuirão com o tempo, porque a taxa de desconto é maior que a taxa de crescimento.

Por exemplo, em 2023 você deverá receber R$ 112.551,00 em fluxos de caixa reais, mas isso valeria apenas R$ 55.958,00 hoje. Isso porque se você tivesse R$ 55.958,00 hoje e pudesse aumentá-lo em 15% ao ano por 5 anos seguidos, você o teria transformado em R$ 112.551,00 após esses cinco anos.

Como a taxa de desconto (15%) que estamos aplicando é muito maior que a taxa de crescimento dos fluxos de caixa (3%), as versões descontadas desses fluxos de caixa futuros encolherão e diminuirão a cada ano até chegarem a zero.

Portanto, embora a soma de todos os fluxos de caixa futuros seja potencialmente infinita, a soma de todos os fluxos de caixa descontados, pelo menos nesses 5 anos de projeção, é de apenas R$ 353.027,00.

Essa, então, é a resposta chave para a pergunta original: R$ 353.027,00 é o valor aproximado que o comprador deverá pagar pelo seu negócio. Em outras palavras, esse é o valor mais provável de venda.

Como realizar o valuation (avaliação de empresas) do meu negócio?

valuation reuniao equipe
Como realizar o valuation (avaliação de empresas) do meu negócio?

As três metodologias apresentadas são muito úteis. O Fluxo de Caixa Descontado analisa o valor de uma empresa a partir de seus resultados futuros e funciona muito bem para empresas que têm lucro. 

Por sua vez, o Valor Patrimonial é bastante utilizado para negócios que possuem alto valor em ativos como máquinas e equipamentos. Já os Múltiplos de Mercado permitem ter uma noção estimada do valor da empresa em comparação com outras empresas similares.

Todas as abordagens são úteis para tomar a decisão de vender e auxiliar a como saber o valor de uma empresa. Se possível, faça a avaliação da empresa em todas as metodologias e compare seus resultados. Isso lhe dará um valor ainda mais real do valor da empresa.

Para realizar esses cálculos, é possível fazer uma avaliação online de sua empresa. O investimento nesse tipo de avaliação pode garantir argumentos sustentáveis para justificar e negociar o preço com o comprador.

– Organize as finanças

É extremamente importante que você não deixe que as finanças pessoais se misturem com as contas da empresa.

Assim, é necessário organizar o setor financeiro da empresa, pois assim é possível levantar custos, desperdícios, o nível exato de endividamento e os investimentos que não estão se mostrando um bom negócio.

Para fazer isso é preciso seguir as dicas abaixo:

  • Exercite a disciplina;
  • Separe as contas pessoais das empresariais;
  • Conheça bem os prazos;
  • Defina um orçamento anual;
  • Faça uma gestão adequada dos fornecedores;
  • Negocie boas condições de pagamento;
  • Controle bem o estoque e as movimentações financeiras;
  • Use uma solução tecnológica.

Planilha para cálculo de valuation

valuation homem segurando papeis
Planilha para cálculo de valuation

1º Passo: Resultados Históricos

Para que você consiga estimar o resultado futuro da empresa, é preciso conhecer e informar como foi o desempenho histórico dela.

Pois, quanto maior o número de dados de anos anteriores que você tiver, melhor será a projeção.

2º Passo: Setor de atuação da empresa

Saber o setor de atuação de sua empresa faz com que você entenda os riscos que ela está sujeita em função de oscilações da economia

Além disso, é através do setor o qual sua empresa está inserida que podemos acessar nossa base de dados e entender os Múltiplos praticados para empresas como a sua.

3º Passo: Regime Tributário

O sistema tributário do Brasil é um dos mais difíceis e complexos do mundo pelo fato de existir diversos impostos que podem incidir sobre o faturamento ou lucro da empresa.

São 3 os principais regimes adotados no Brasil: Lucro Real, Lucro Presumido e Simples Nacional.  

Assim, a planilha desenvolvida para empresas deve levar em consideração o regime adotado por ela.

Pois, de acordo com o regime escolhido existem diferentes implicações. Assim, nessa etapa é necessário indicar o regime adotado pela sua empresa e a presunção, como também, qual a taxa de ISS e/ou ICMS incidentes.

4º Passo: Expectativas

Fazer projeções para o futuro muitas vezes é a parte mais difícil para calcular o valor de uma empresa.

Nessa etapa é necessário preencher as projeções de forma realista, imparcial e levando em consideração os dados factíveis sobre a performance futura da empresa.

5º Passo: DRE Projetada

Levando em consideração as  informações fornecidas nos passos anteriores,você consegue chegar na DRE projetada na planilha.

6º Passo: Prazos Médios

Para que seja possível saber a variação e a necessidade do capital de giro, é necessário entender o ciclo financeiro da empresa bem como os prazos médios de recebimento de clientes, pagamento de fornecedores e de estocagem de mercadorias caso sejam relevantes para seu modelo de negócio.

7º Passo: Demonstração do valor da sua empresa

Após o preenchimento correto e completo da planilha de valuation, ela calcula o valor aproximado da sua empresa e apresenta 2 resultados: o primeiro com base no fluxo de caixa descontado e o segundo de acordo com a metodologia de Múltiplos.

Calculadora de valuation online

Agora que os principais métodos de valuation, você deve estar se perguntando qual o melhor. 

Mas, a verdade é que você deve fazer a avaliação mais contextualizada possível, inclusive misturando as metodologias.

E é nesse ponto que utilizar uma calculadora online de valuation pode ser importante, mas preste muita atenção para não falhar. 

Pois, afinal o que é uma calculadora online de valuation?

  • Uma calculadora online de valuation é uma ferramenta digital a qual usa dados básicos fornecidos pelo usuário para fazer um cálculo automatizado do valor de uma empresa. 

Para ela funcionar corretamente, é necessário utilizar as metodologias que citamos acima.

Para um pequeno empreendedor, uma calculadora online de valuation é uma ferramenta muito desejada. Afinal, resolve todos os problemas que ele tem:

  • dá uma perspectiva de valor da sua empresa;
  • faz isso de forma automática e informal;
  • não exige a contratação de um consultor especializado em valuation.

Conclusão

valuation reuniao colaboradores avaliacao
Valuation (avaliação de empresas).

Como visto no decorrer deste artigo, o valuation é fundamental para a empresa em diversos momentos, pois tanto na  procura de novos investidores, quanto na aquisição de um outro negócio é essencial esse cálculo.

Por esse motivo, é importante que você tenha em mente os tipos de Valuation que existem, para que seja possível saber qual a melhor opção.Gostou do nosso artigo? Continue conosco e saiba muito mais.